, ,

OLYMPUS E KINO-DOC: OFICINA COM M10 III, A CÂMARA DE MUITOS KINO-DOCKERS

Por alturas de início de cada ano lectivo encontramo-nos com a nossa parceira OPTEC e verificamos as melhores opções de equipamento videográfico que o mercado oferece.

 

Dentro do âmbito económico que garanta qualidade técnica cinematográfica, a escolha para 2018/19 em termos de câmara recaiu sobre a Olympus OM-D E-M10 Mark III, que à luz dos descontos para alunos KINO-DOC no Bazar do Vídeo e da campanha de Inverno da Olympus (com reembolso de € 100) ficou a € 490, já com objectiva zoom incluída (14-42 mm, f/3.5-5.6).

 

É uma câmara na linha da anterior Mark II, com o soberbo estabilizador de 5 eixos, possibilidade de 120 imagens por segundo a 720 p, com controlos descomplicados e intuitivos, design retro, sendo leve, robusta, e nesta 3.ª geração mais ergonómica e habilitada para filmar em 4K (UHD). Nunca se conseguiu tanto por tão pouco.

 

A adesão entre os nossos alunos foi elevada, mesmo com muitos deles trabalhando com câmaras que já possuíam, outros filmando com máquinas mais dispendiosas (DSLM como a Panasonic GH5 ou a Fuji X-T3; ou a “camcorder” Panasonic X1000), outros adquirindo câmaras em 2.ª mão, e outros ainda trabalhando em documentários “found footage”, que dispensam câmara.

 

A Olympus Iberia não ficou indiferente a este fenómeno, iniciando connosco uma ligação que acreditamos venha a ser enriquecedora nomeadamente para todos aqueles que frequentam os nossos cursos. Nesse sentido ofereceremos aos nossos alunos uma oficina com foco na operação da M10 III, mas também com o exercício de diferentes objectivas 4/3 da marca (que podemos utilizar em diversas outras câmaras de objectivas intermutáveis, como muitas Panasonic) e do mini-gravador de som Olympus LS-P2, muito do nosso gosto.

 

A oficina ocorrerá no estúdio do KINO-DOC na próxima 6.ª, dia 1 de Fevereiro, das 18h às 20h, e será conduzida por João Abreu, da Olympus Iberia.