ADEUS A NELSON PEREIRA DOS SANTOS

Faleceu Nelson Pereira dos Santos, cineasta maior brasileiro. Uma das grandes figuras do Cinema Novo, realizou as películas fundamentais “Rio, 40 Graus” (1955) e “Vidas Secas” (1963), retratos crus, sob a influência do neo-realismo italiano, de problemas sociais brasileiros na cidade e no sertão.

Foi também documentarista de curtas-metragens desde o final dos anos quarenta e, já neste século, de duas longas documentais sobre dois mitos brasileiros com “Raízes do Brasil: uma Cinebiografia de Sérgio Buarque de Hollanda” (2004) e “A Música Segundo Tom Jobim” (2012), bem como de “Português, a Língua do Brasil” (2009), reflexão sobre o nosso idioma.

 

“Rio, 40 Graus”

 

“Português, a Língua do Brasil”